Confira nossas dicas para combater a coceira causada pela psoríase:

Posted on

A psoríase é uma doença não contagiosa que afeta pessoas de qualquer idade, sendo mais frequente entre os 15 e os 35 anos de idade.

Já em alguém acometido com psoríase, esse mesmo processo acontece na metade do tempo, gerando acúmulo de células mortas na superfície da pele, o que causa a coceira e vermelhidão. Nesse caso, quando as pessoas procuram atendimento, já têm lesões elevadas e mais descamativas, mas muito raramente reclamam de prurido, de coceira. É mais raro aparecerem na região das dobras (axilas, virilha, dobra cubital), mas isso pode acontecer e caracteriza a psoríase invertida, ou seja, o inverso da forma clássica. Começa sempre desse modo e a evolução, dependendo do caso, pode ser melhor ou pior. Muitas vezes, o pai tem psoríase e apenas um dos seus quatro filhos apresenta uma forma leve da doença, enquanto um sobrinho tem a forma mais grave. Vermelhidão mais intensa ou coceira na região afetada podem ser sinais de que a lesão está sendo queimada. Muitos pacientes que têm psoríase sentem coceiras na pele, que costumam ser mais frequentes na região das lesões, em torno das áreas mais inflamadas. A primeira dica para reduzir a coceira é manter a pele hidratada. Banhos de sol diários também ajudam a controlar a coceira.

A Pele Seca é Uma Causa Comum Para a Coceira

  • O que é psoríase.
  • Fatores de risco.
  • Tipos.
  • Sintomas.
  • Tratamento.

Uma última dica para combater a coceira na pele é ficar atento à alimentação.

É comum, por exemplo, que pessoas com alguma intolerância à lactose tenha escamações na pele, o que pode ser mais intenso para pacientes com psoríase. Cremes antiinflamatórios e pomadas tópicas, indicadas para controlar a inflamação causada pela psoríase, também ajudarão a aliviar a coceira. A maioria dos pacientes com psoríase sentem coceira, portanto não é apenas uma coincidência se você tiver esse desconforto. Lidando com possíveis sintomas De todos os sintomas associados à psoríase, possivelmente o mais incômodo é a coceira. Cerca de 80% das pessoas que convivem com a psoríase dizem apresentar coceira como parte de sua condição. Coceira, também conhecida como prurido, é uma sensação muitas vezes irresistível. Quando a pele fica inflamada, seu corpo libera inúmeros agentes químicos que são responsáveis pela coceira. A pele seca também pode provocar coceira. Quando você coça a pele ferida, você a impede de melhorar.

Confira nossas dicas para combater a coceira causada pela psoríase:

  • -2. Reich A, Hrehorow E, Szepietowski JC. Pruritus is an important factor negatively influencing the well-being of psoriatic patients. Acta Derm Venereol 2010; 90: 257–263.

Em pessoas com psoríase, a coceira ou irritação podem variar de leve a grave dependendo do quanto sua pele está afetada.

Para alguns, a coceira é concentrada em uma única área da pele, enquanto, para outros, o corpo todo pode ser afetado. Da mesma forma, a intensidade da coceira também pode variar.2 Enquanto algumas pessoas apresentam coceira leve, outras relatam irritação tão forte que coçam até sangrar. Contudo, embora coçar possa trazer alívio temporário, o fato é que inflama sua pele cada vez mais e pode até criar novas lesões nas áreas. Isto pode fazer você se sentir mais estressado em relação a sua psoríase, e consequentemente, piorar os seus sintomas. Enquanto coça, na verdade não faz a psoríase se espalhar, ela interfere na cicatrização. Quando você coça uma pele ferida, a impede de melhorar. A psoríase é uma doença crônica da pele, caracterizada por inflamação e hiperproliferação das células da camada mais superficial, podendo provocar lesões extensas por todo o corpo. Como as células mortas não conseguem ser eliminadas tão rapidamente, a pele começa a ficar mais espessa, pois as novas camadas formadas empurram as antigas para a superfície. Essas lesões podem causar intensa coceira e/ou dor.

A Psoríase é uma doença não-contagiosa que se apresenta com lesões inflamatórias na pele cobertas por escamas esbranquiçadas formadas por uma produção celular de pele excessiva.

As placas costumam ser assintomáticas, mas alguns pacientes se queixam de coceira.

A psoríase invertida causa lesões avermelhadas, mas sem descamação, sendo muitas vezes confundida com lesões fúngicas ou bacterianas. – Psoríase ungueal: O acometimento das unhas pela psoríase, seja das mãos como dos pés, pode ocorrer isoladamente ou acompanhada pelas lesões de pele. O “prurido” ou coceira como é popularmente conhecido, é um incômodo que serve de advertência sobre qualquer possível ameaça à pele humana. 223 shares As células da epiderme, se irritadas, produzem a sensação de coceira, que na maioria das vezes se resolve esfregando as unhas no local. Porém, a coceira pode ser sintoma de muitas doenças. Doenças graves como cirrose, AIDS, câncer, doença renal crônica podem apresentar coceira, porém são doenças incomuns. Pessoas com psoríase devem procurar o médico para alívio da coceira e descamação. A coceira, que é mais intensa à noite, é resultado da reação da pele contra o ácaro, seus ovos e fezes. É transmitida de pessoa para pessoa e sua característica principal é a formação de bolhas de água com bordas avermelhadas e intensa coceira em todo o corpo.

Manchas brancas e coceira na pele podem indicar psoríase

As micoses superficiais mais comuns, que causam coceira na pele, são: O fungo causador pode ser encontrado no ambiente, tanto em animais, quanto no solo e no ser humano.

Causa coceira intensa e lesões com bordas bem definidas, avermelhadas, com bolhas e crostas. Causa intensa coceira por toda a região genital e corrimento esbranquiçado. A coceira e queimação levam o paciente a coçar e agredir o local da infecção, causando crostas e formação de bolhas. Nos casos leves o tratamento é feito com pomadas à base de óxido de zinco que alivia a coceira e ajuda a reconstituir a pele. – Mantenha a pele hidratada e úmida porque uma vez que as placas de células mortas estejam secas podem causar coceira e manter a pele úmida ajudará. – Tome banhos caseiros com aveia por pelo menos 15 minutos, isso ajudará a afrouxar as escamas secas e aliviar a coceira. A psoríase é considerada como uma doença autoimune, ou seja, o sistema imunológico ataca erroneamente as células saudáveis ​​do corpo, alterando assim o ciclo de vida das células da pele. Outros sintomas incluem coceira, inflamação e dor. Aveia A aveia ajuda a hidratar as camadas da pele e a reduzir a coceira e a inflamação. Os médicos ainda não sabem qual é a causa exata, mas entre os sintomas estão as manchas brancas e a coceira na pele. da psoríase, que também pode provocar coceira, queimação e dor. Imagem: Reprodução Em alguns casos, a psoríase em placas pode se estender pelo corpo inteiro, embora o comum seja o aparecimento de poucas lesões. As lesões normalmente são assintomáticas, mas podem apresentar-se com leve coceira. A psoríase pustulosa generalizada pode causar febre, calafrios, coceira intensa e fadiga. -Psoríase artropática: além da inflamação na pele e da descamação, a artrite psoriática, como também é conhecida, causa fortes dores nas articulações. Ela causa sintomas na pele como manchas vermelhas, escamas secas, pele ressecada e rachada, coceira, queimação e dor.